Da Esperança…

Ontem o filme foi rodado pela nonagésima vez… O projetista repetia as falas involuntariamente. Saiu para tomar um café, enquanto passavam-se às 3 horas de exibição do longa… 3 horas? Nem percebi…

Olhos estáticos olhando além dos letreiros finais… Como a morte pode ser tão bela? Como 3 horas podem sintetizar o que buscamos em uma vida toda?

É a arte recriando nossas realidade…

Anúncios