Nem sempre falam o que dizem…

Desci a rua, pois o carro precisou ficar mais longe do lugar onde eu iria. Aliás, eu necessariamente não precisaria estar ali, mas como era caminho de onde eu tinha ido para resolver algo que não consegui resolver por telefone, resolvi parar.

Desci não muito distraída. Às vezes ando distraída, o que é diferente de andar desapercebida. Distrai quem anda como se fosse domingo de passeio, olhando tudo com cuidado, com curiosidade. E assim era eu ali…

– Moça! – A mão direita erguida em minha direção. O cigarro acesso entre os dedos…  –  Que Deus lhe abençoe que você case com um homem bem bonito e bem rico!

Só pude responder: “Amém!”

Só eu vivo coisas assim esquisitas????? Nem sempre o que as pessoas falam é o que elas de fato dizem… O que andam dizendo os que com você falam?

Anúncios